Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia


O Departamento

Na Diretoria do Depto Científico de Endocrinologia Feminina e Andrologia há eleições para a direção a cada dois anos, fato que ocorre durante o Congresso brasileiro de endocrinologia e metabologia. O Depto vigente foi eleito em setembro de 2014.

O Departamento Científico de Endocrinologia Feminina, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), tem por finalidade promover a reunião e a coordenação dos seus filiados, que se dedicam ao estudo da regulação hormonal do sistema reprodutor feminino e seus distúrbios.

Bimestralmente os associados e interessados se reúnem para debates científicos. Com isso, o grupo vem se fortalecendo e dando novas perspectivas a endocrinologia feminina.

A criação deste e de outros cinco Departamentos Científicos surgiu a partir de uma evasão de sócios da SBEM, o que enfraquecia a entidade. O resultado foi mais positivo do que se esperava. Atualmente os Departamentos possuem Regimentos próprios, que regem os trabalhos de seus coordenadores e associados.

Regimento dos Departamentos Científicos da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Artigo 1º

Os Departamentos da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia serão constituídos pelos sócios da SBEM, médicos de outras especialidades ou profissionais da área de ciências biológicas, não médicos, que preencham os requisitos abaixo mencionados e que, basicamente, tenham interesse na sub-especialidade .

Artigo 2º

Os profissionais interessados em participar de um ou mais departamentos deverão solicitar a sua inscrição às respectivas diretorias, juntando o currículo que comprove o seu engajamento nessa área da endocrinologia.

Parágrafo 1º - A inscrição se fará por meio de carta dirigida ao Presidente do Departamento a partir da data da publicação do Regimento dos Departamentos, nos ABEM, órgão de divulgação oficial da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Parágrafo 2º - A inscrição será aceita pela Diretoria do(s) Departamento(s) desde que os pré-requisitos curriculares assinalados no parágrafo 3° sejam adequadamente satisfeitos.

Parágrafo 3º - Constituem elementos importantes do currículo, documentos que comprovem atuação na área específica do Departamento, a saber:
a) Trabalho científicos publicados em revistas estrangeiras ou nacionais;
b) Tese ou dissertação a nível de Pós-Graduação;
c) Participação como relator de palestras, conferências, simpósios, mesas redondas ou eventos similares;
d) Trabalhos apresentados em eventos científicos no exterior ou nacionais categorizados;
e) Participação em congressos, cursos, simpósios ou outros eventos científicos no Brasil ou no exterior;
f) Residência ou estágio em serviços de endocrinologia com área de concentração na sub-especialidade;
g) Outras atividades pertinentes.

Artigo 3º

A filiação ao Departamento será revalidada a cada 4 (quatro) anos. A revalidação será concedida automaticamente aos filiados com notória atuação na área, a critério da diretoria. Aos demais sócios será solicitado comprovação de atuação conforme o parágrafo 3º do Artigo 2º e o Artigo 4º.

Artigo 4º

A diretoria concederá créditos pela efetiva participação em eventos científicos na sub-especialidade, os quais servirão para comprovar a atuação na área.

Parágrafo 1º - Os créditos serão atribuídos de acordo com a carga horária,programa e qualidade do evento a saber:
01 a 03 horas - 0,5 crédito
04 a 06 horas - 1 crédito

Parágrafo 2º - O Departamento poderá conceder bonificação de no máximo 5 créditos aos eventos considerados meritórios.

Parágrafo 3º - Os organizadores dos eventos deverão solicitar os créditos ao Departamento com antecedência de pelo menos 30 dias para que os mesmos constem dos atestados de freqüência expedidos.

Dos Sócios:
Artigo 5º

Parágrafo 1º - O profissionais filiados ao Departamento, deverão comprovar pagamento de anuidade a SBEM, a outro Departamento da AMB, a Sociedade Médica filiada a AMB ou entidade que congregue e represente a categoria profissional.

Parágrafo 2º - Os profissionais filiados ao Departamento poderão freqüentar seus eventos usufruindo das mesmas prerrogativas dos sócios da SBEM para efeito de custo de inscrição.

Parágrafo 3º - Os sócios do Departamento elegerão a Diretoria conforme o artigo 6° .

Da Diretoria
Artigo 6º

A diretoria será constituída por um Presidente e um Secretário portadores do título de especialista (TEEM). O Presidente será eleito por ocasião do Congresso Brasileiro da SBEM pelos votos dos sócios filiados ao Departamento, podendo ser reeleito por mais 1 (um) biênio. O Secretário será indicado pelo Presidente eleito.

Parágrafo 1º - A eleição será realizada em escrutínio secreto no penúltimo dia do Congresso da SBEM no centro de convenções em horário a ser afixado no 1º (primeiro) dia do Congresso.

Parágrafo 2º - Os candidatos à Presidência do Departamento deverão afixar seus nomes em local apropriado no 1º (primeiro) dia do Congresso além de divulgá-los em outras publicações da SBEM.

Parágrafo 3º - As primeiras diretorias dos Departamentos foram eleitas pelo Conselho Deliberativo.

Parágrafo 4º - A diretoria do Departamento deverá promover evento de âmbito nacional, nos anos ímpares, os quais não poderão coincidir com os cursos de atualização da SBEM.

Parágrafo 5º - A diretoria, além do disposto nos Artigos 4º e 5º e parágrafos acima, poderá promover curso satélite no Congresso da SBEM desde que haja aquiescência da Comissão Organizadora do Congresso.

Parágrafo 6º - A diretoria do Departamento manterá lista atualizada dos sócios do Departamento e utilizará os serviços de secretaria da diretoria nacional da SBEM.

Artigo 7º

Os casos omissos no presente Regimento serão resolvidos pela diretoria do Departamento, Diretoria Nacional da SBEM e Conselho Deliberativo.