Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia


O Departamento

Na Diretoria do Depto Científico de Endocrinologia Feminina e Andrologia há eleições para a direção a cada dois anos, fato que ocorre durante o Congresso brasileiro de endocrinologia e metabologia. O Depto vigente foi eleito em setembro de 2014.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia possui 10 Departamentos Científicos e um deles é o que se dedica ao estudo da Endocrinologia Feminina e da Andrologia. O Departamento Científico de Endocrinologia Feminina e Andrologia, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - SBEM - tem por finalidade promover a reunião e a coordenação dos seus filiados, que se dedicam ao estudo da regulação hormonal do sistema reprodutor feminino e masculino e seus distúrbios.

A Endocrinologia Feminina é conhecida por tratar dos problemas decorrentes de falhas dos ovários ou que indiretamente os afetem. Esse ramo da endocrinologia estuda temas como: genitália alterada ao nascimento, puberdade precoce ou atrasada, ausência ou irregularidade de menstruação, síndrome pré-menstrual, infertilidade, menopausa normal ou precoce e, ainda, a osteoporose.

A Andrologia é um ramo novo da Medicina que ganhou notoriedade durante a década de 1960. Hoje ela recebe contribuição de várias especialidades clínicas e laboratoriais. A Andrologia engloba o tratamento das alterações das funções reprodutoras e sexuais no homem. Quatro grupos patológicos são estudados. São eles: esterilidade masculina, deficiência de testosterona, varicocele e disfunções sexuais.